My Best Hotel
Hoteis Turismo Rural Alojamento Local Hostels Campismo Atividades Restaurantes A Visitar Promoções

Ofertas Especiais

Locais a visitar » PORTO SANTO: Um Paraíso no Atlântico!

PORTO SANTO: Um Paraíso no Atlântico!

A ILHA DOURADA

Porto Santo é a mais pequena ilha habitada do arquipélago da Madeira. Fica situada no Oceano Atlântico, no extremo sudoeste europeu e apenas a 500 km da costa africana e a 1000 Km da Europa, a uma hora e meia de voo da cidade de Lisboa. Na Ilha do Porto Santo encontramos um refúgio dourado e azul, um local onde tudo acontece num ritmo calmo, convidando à descontração e ao relaxamento.

Em pleno Oceano Atlântico, com 11 km de comprimento e 6 km de largura, Porto Santo é desde há muito apelidado de Ilha Dourada, devido à sua extensa e fantástica praia de 9 km de areia fina e sedosa banhada por águas azul-turquesa. O clima do Porto Santo, moderado durante todo o ano e com uma temperatura do mar que oscila entre os 17ºC e os 22ºC, faz com que esta ilha nunca perca o seu encanto mesmo nos meses de Inverno.

Em 1418, os navegadores portugueses, João Gonçalves Zarco e Tristão Vaz Teixeira chegaram à Ilha do Porto Santo, primeira das descobertas ultramarinas portuguesas. Tendo sido desviados por ventos fortes da sua rota de exploração da costa ocidental de África, a Ilha do Porto Santo deu-lhes um porto seguro, ganhando assim o seu nome. Em 1446, o Infante Dom Henrique nomeou Bartolomeu Perestrelo governador da ilha, dando-lhe razões para ficar famosa: a filha de Perestrelo veio a casar-se com Cristóvão Colombo, que aqui passou algum tempo nesta Ilha a preparar a grande viagem da Descoberta da América. Hoje em dia é possível visitar a casa do século XV que Cristóvão Colombo terá habitado. Situada em Vila Baleira, exibe retratos de Colombo e também mapas com as diferentes rotas por ele percorridas.

Apesar de pequena, a capital da ilha, Vila Baleira, tem as suas atrações. A cidade está centrada na sua praça principal, à volta do Largo do Pelourinho, e dos Jardins do Infante. As ruas ladeadas de palmeiras e buganvílias são ideais para agradáveis e relaxantes passeios. Os restaurantes abundam, pelo que temos muitas oportunidades para experimentar as especialidades da ilha: espetada de vaca grelhada em pau de louro regada com manteiga de alho, ou o famoso bolo do caco, o pão com batata-doce que é também servido com manteiga de alho. Um passeio pelo cais permite-nos ver o artesanato, feito com matérias-primas locais como conchas, folhas de palmeira, canas e barro. Para um toque de história e cultura, além da casa museu de Cristóvão Colombo, os belíssimos painéis de azulejos na vizinha Igreja de Nossa Senhora da Piedade do século XVII valem bem uma visita.

O Porto Santo anima-se nos dias 23 e 24 de Junho para as Festas de São João em honra do padroeiro da ilha. E a animação continua em Agosto com as festas religiosas de Nossa Senhora da Graça na noite de 14 para 15, da Nossa Senhora da Piedade de 30 para 31 e no final do mês com a Festa das Vindimas. Em setembro, o Festival de Colombo relembra as passagens e vivências deste navegador pelo arquipélago da Madeira, bem como toda a epopeia da época dos Descobrimentos. As celebrações de Natal e da Passagem de Ano continuam até ao Dia de Reis, quando as festividades noturnas incluem visitas para ver a Lapinha (presépio) e na noite de 15 de Janeiro para celebrar o Santo Amaro.

Mas o cartão-de-visita do Porto Santo é sem dúvida a sua praia. Com fama de terem poderes curativos, as areais e águas são ricas em iodo, cálcio e magnésio, tornando-as muito benéficas para o tratamento de reumatismo e doenças dos ossos.

No Centro de Talassoterapia, podemos experimentar um tratamento antisstress e num passeio a pé até à Ponta da Calheta exercitar o nosso corpo. Podemos também libertar o stress de forma mais ativa, praticando uma das diversas variedades de atividades ao ar livre que a ilha oferece- passeios de barco, pesca desportiva, mergulho, windsurf, kite surf, esqui aquático, BTT, ou parapente. Os amantes de golfe podem também dar umas tacadas no Porto Santo Golfe, projetado pelo campeão espanhol Ballesteros.

Em alternativa, podemos passear pela ilha e descobrir a beleza duma paisagem que se formou graças a sucessivas erupções vulcânica num dos vários miradouros: o da Portela, com os moinhos de vento circundantes, o da Pedreira no Pico Ana Ferreira e, no extremo oeste da ilha, o miradouro das flores com vista sobre a Madeira e as ilhas Desertas. A não perder, a subida ao Pico do Facho, o ponto mais alto da ilha com 517 metros e ao Pico do Castelo, de onde se avistam os vales encaixados e os ilhéus que parecem ter sido "semeados" em redor.

Com crianças, podemos visitar a Quinta das Palmeiras e desfrutar de um mini-zoo e minijardim botânico ou então ver a fonte da Areia e a erosão causada pelas águas nas rochas. Para retemperar forças, fazer um piquenique nos Morenos e depois dar um mergulho nas águas cristalinas na pequena enseada do Zimbralinho é uma sugestão que toda a família vai adorar.

Para terminar o dia, bebendo um sumo de frutas ou uma Poncha numa das diversas esplanadas junto à praia, deixamo-nos embalar pelo som mágico das ondas e ao cair da noite, na hora crepuscular, contemplamos um pôr-do-sol indescritível.

A ilha do Porto Santo conta também com bares, onde podemos acabar o dia e iniciar uma noite animada, que só terminará já de madrugada, na zona lúdica do Penedo do Sono.
Num sem fim de opções e com boas razões para aproveitar em pleno o tempo livre, umas férias nas ilhas da Madeira e do Porto Santo serão seguramente inesquecíveis e animadas!

A segurança, associada à simpatia de gentes hospitaleiras, aos prazeres que a natureza oferece, à belíssima praia de areia fina e ao mar de águas tranquilas, fazem da ilha de Porto Santo um lugar privilegiado entre rotas similares. Venha conhecer uma ilha onde a tranquilidade é rainha!

 

O QUE VISITAR

Casa Colombo - Museu do Porto Santo
O maior ícone cultural do Porto Santo, assinala a presença do descobridor da América na ilha. O museu procura recriar o ambiente em que viveu o explorador durante algum tempo. A Casa de Colombo apresenta-se com um conjunto de dois edifícios, o mais antigo deles remonta à época em que o navegador viveu na ilha. Em exposição, para além de retratos de Colombo, executados entre o século XVI e XX, encontram-se mapas com as diversas rotas por ele percorridas. A Casa Colombo pretende constituir-se como estrutura sede de um conjunto referencial mais vasto para a identificação da história do Porto Santo.

Quinta das Palmeiras
Localizada no sítio dos Linhares, numa colina no centro-oeste da ilha, este mini zoo e mini jardim botânico oferece aos seus visitantes um vasto número de espécies ornitológicas e vegetais, numa área de 5380 m2, cobertos por uma vegetação luxuriante.

Centro de Artesanato
Situado no centro da cidade, próximo ao antigo cais, este centro dedica-se à divulgação e comercialização dos produtos artesanais do arquipélago.

Capela de Nossa Senhora da Graça
Esta ermida é um dos mais antigos templos construídos no Porto Santo, antes de 1533. Destruída no ano de 1812, foi reconstruída em 1951. Intimamente ligada à história da ilha, aqui refugiaram-se muitos dos habitantes para escapar à perseguição dos piratas.

Forte de São José
O antigo forte de São José encontra-se na parte alta da cidade e é formado por uma linha de 8 pequenos canhões de ferro que, em tempos, serviam para defender a ilha. A sua construção sofreu profundas alterações desde o início do século XVII e a partir do século XX, o forte tornou-se propriedade privada.

Igreja Matriz
Um dos principais monumentos porto santenses é a Igreja Matriz também denominada Igreja da Nossa Senhora da Piedade, situada no Largo do Pelourinho, em plena cidade. Esta igreja foi, por várias vezes, incendiada pelos piratas e corsários que desembarcavam na ilha. Atualmente conserva no seu interior belíssimos altares e telas, da autoria de Martim Conrado e Max Romer, cuja beleza artística desperta a atenção de todos os que visitam o templo.

Moinhos de Vento
A paisagem porto santense caracteriza-se pelo aparecimento, aqui e ali, dos tradicionais moinhos de vento. Por apresentar um relevo relativamente baixo, a ilha está muito exposta ao vento de todos os quadrantes. Os moinhos de vento de Porto Santo surgiram para a moagem de cereais, necessária para o fabrico do pão. O primeiro moinho de vento foi construído em 1794, e foi a obra mais grandiosa que se realizou no Porto Santo durante o século XVIII. Anos mais tarde, o Porto Santo apresentava já um aspeto muito pitoresco, com inúmeros moinhos de vento, em madeira e tipo rotativo, alguns dos quais se mantêm ainda em atividade.

Palácio Municipal
Mesmo no centro da cidade, este edifício, também chamado “Casa Comunal”, tem a particularidade de ter sido uma antiga prisão. A origem da sua edificação remonta ao longínquo século XVI, embora já tenha sofrido alterações, com o objetivo de o tornar mais funcional.

Monumento aos Descobrimentos
Vulgarmente conhecido como o “Pau de Sabão”, é formado por uma secção quadrangular e imponente onde, em cada um dos lados se encontram relevos alusivos aos descobrimentos da época do Infante D. Henrique. Inaugurado a 28 de Agosto de 1960, o Monumento aos Descobrimentos, obra de António Aragão, fica situado na Alameda do Infante.

Portela
Este miradouro, situado a 1,6 km do centro da cidade, faz-se anunciar por uma estrada ladeada de palmeiras e por três moinhos de vento. Daqui pode avistar-se, em baixo, a oeste, a praia do Porto Santo e, a este, a forma cónica do Pico de Baixo e o Ilhéu de Cima. No caminho para este miradouro, não deixe de reparar na Capela de Nossa Senhora da Graça, erguida em 1851.

 

BEM ESTAR

A praia de areia fina e dourada e a longa costa banhada por águas quentes e cristalinas não são as únicas atrações da ilha do Porto Santo. Este paraíso veraneante é também procurado pelas propriedades terapêuticas das suas areias e das suas águas, que oferecem várias formas de terapias. O tratamento de doenças ortopédicas, reumáticas e fisiátricas são apenas algumas das opções terapêuticas oferecidas por este destino, localizado a apenas 50 km de distância da ilha da Madeira. A água do mar rica em cálcio, iodo e magnésio, elemento ideal para recuperar da falta de sais minerais, causados pelo stress e pela fadiga, é outro dos motivos que tornam este destino tão único.

Areia Terapêutica do Porto Santo
A praia do Porto Santo destaca-se pela sua areia com propriedades carbonatadas, composta por sedimentos de corais, conchas e ouriços-do-mar. Reconhecida cientificamente pelas suas propriedades terapêuticas que auxiliam no tratamento de enfermidades reumáticas e ósseas, esta areia é igualmente um dos elementos que integram os tratamentos desenvolvidos pelo Centro de Geomedicina do Porto Santo.

Água do Porto Santo
A água do mar do Porto Santo é usada em tratamentos de talassoterapia, devido às quantidades elevadas de estrôncio, crómio e iodo, elementos benéficos para a saúde.
Da mesma forma, a água de nascente desta ilha, é também rica em componentes essenciais (como o bicarbonato de sódio) para o bem-estar do corpo humano.

Talassoterapia
Stress, cansaço, fadiga, sedentarismo, deficiências alimentares, intoxicações causadas pelo tabaco, osteoartrite, distúrbios digestivos e recuperação pós-parto são apenas alguns dos tratamentos oferecidos pelo centro de Talassoterapia, que significa “terapia do mar” em grego. Venha visitar este centro único no Porto Santo e relaxe enquanto cuida de si mesmo e de sua saúde.

 

FESTIVAL DE COLOMBO

Em Setembro, a cidade de Vila Baleira dedica uma semana ao navegador Cristóvão Colombo, que passou por esta ilha e aqui viveu durante alguns anos.
Este festival quer recordar a passagem e a vida do navegador pelo arquipélago da Madeira, durante as suas viagens para o continente americano, bem como a epopeia da época dos Descobrimentos.

É recriado um ambiente alusivo à época dos Descobrimentos Portugueses, com várias iniciativas analogicamente ligadas à vida na ilha daquele tempo. Muita música, exposições, animações de rua, ambientações medievais e, em especial, recriação do desembarque de Colombo e dos seus companheiros no cais da cidade, juntamente com um cortejo histórico, assinalam esta semana “histórica”.

 

 

Fontes e Créditos

Turismo de Portugal: www.visitportugal.com/pt-pt/content/ilha-de-porto-santo
Municipio de Porto Santo: www.cm-portosanto.pt
Turismo da Madeira: www.visitmadeira.pt

AS PRAIAS DE PORTO SANTO

Na Costa Sul da Ilha de Porto Santo, situada a 40 km para nordeste da ilha principal, encontra-se a única praia com areia do arquipélago da Madeira, que se estende sem interrupção ao longo de 9 km. O areal dourado de grão fino e macio trouxe fama a Porto Santo, pelas propriedades terapêuticas que lhe são reconhecidas no tratamento de problemas ortopédicos e de circulação. A completar o cenário ideal para umas férias de praia, o clima estável e seco com muito sol durante todo o ano e um mar cálido de águas límpidas e tranquilas convidam a banhos prolongados e à prática de uma grande variedade de desportos náuticos.

A Praia de Porto Santo ganha outras designações ao longo dos seus nove quilómetros como Penedo, Cabeço da Ponta, Calheta, Fontinha, Pedras Pretas ou Ribeiro Salgado, oferecendo condições que permitem que todos desfrutem dos benefícios das suas águas e areias. Algumas das zonas concessionadas são anualmente distinguidas com a Bandeira Azul em reconhecimento da sua qualidade. As condições de acessibilidade para pessoas com mobilidade reduzida também não foram esquecidas, como prova a atribuição do galardão de “Praia acessível” em zonas determinadas. 

 

GOLFE EM PORTO SANTO

O Campo de Golfe do Porto Santo, projetado pelo ex-campeão mundial Severiano Ballesteros, foi inaugurado em 2004. Dispõe de um circuito de 18 buracos par 72 e de um circuito rápido de nove buracos par 3, denominado Pitch and Putt, para percorrer numa hora. O campo ocupa uma vasta área que oferece aos jogadores vistas espetaculares sobre as costas sul e norte da ilha.

Estendendo-se pela ilha paradisíaca do Porto Santo, o traçado do campo foi estudado de forma a integrar-se harmoniosamente na paisagem e a respeitar os ecossistemas, tirando partido das plantas indígenas e dos vários lagos existentes. Espetacular pela paisagem, exigente com o traçado e amplo pelas suas dimensões, trata-se de um campo capaz de atrair, tanto profissionais, como jogadores menos experientes, e possui duas zonas diferentes.

O percurso Sul aproxima-se do tradicional estilo dos melhores campos americanos, com vários lagos e a praia como pano de fundo. Requer um jogo longo e preciso. A abundância de lagos estrategicamente colocados é um teste à capacidade de concentração do jogador.

O percurso Norte é valorizado por altas falésias e tem os melhores ingredientes dos links britânicos, com cenários espetaculares. Oferece ao jogador um desafio irrepetível. Entre os mais marcantes estão os buracos 13, 14 e 15, situados ao longo da falésia e que permitem aos jogadores contemplar magnificas vistas sobe o mar e apreciar o recorte do litoral.

 

OUTRAS ACTIVIDADES...

Na ilha do Porto Santo encontrará Empresas de Animação Turística especializadas na organização de atividades lúdicas que o ajudarão a tirar o melhor partido das suas férias da melhor forma possível.

Pesca Desportiva: O Porto Santo, assim como a Madeira, conquistou fama internacional como um destino de primeira classe para a pesca em alto mar. Dada a abundância e a qualidade das espécies de tunídeos, estas ilhas são o lugar ideal para a pesca de espadim azul com mais de 500 kg.

Mergulho: Há muito tempo que o Porto Santo é visitado pelos amantes de mergulho, graças à transparência e temperatura das suas águas e à beleza das profundidades marinhas. O local mais procurado pelos mergulhadores fica na zona a sul do Porto de Abrigo onde se encontra, naufragado desde 2000, o navio “Madeirense” que durante décadas, ligou as ilhas do Porto Santo e da Madeira. Centenas de mergulhadores já visitaram este tesouro submerso e todos concordam em defini-lo como uma excecional atração para os apaixonados do mergulho.

Vela, Passeios de Barco, Canoa e Canoagem:As agradáveis temperaturas, a limpidez das águas e a ondulação suave proporcionam excelentes condições para a realização de agradáveis passeios à volta da ilha, através da vela, barco, canoagem ou remo.

Jetski, Esqui Náutico, Windsurf e Kitesurf: Tirando partido da baía de águas intensamente azuis, poderá praticar estas modalidades. Desafie o vento e aproveite uma praia onde encontra um espaço com condições magníficas para viver as emoções que o windsurf ou o kitesurf proporcionam.

Hipismo: A ilha do Porto Santo possui um centro hípico que, para além de colocar à disposição os serviços no picadeiro, permite ainda programar passeios a cavalo pelo Porto Santo, através de percursos de maior ou menor dificuldade.

Asa-delta e Parapente: As características da ilha, da qual sobressai o tom dourado da areia e o azul translúcido do mar, tornam o voo desportivo numa atração para pessoas com ou sem experiência. Suba a um dos picos e atreva-se a descolar de parapente ou de asa-delta. Há excelentes sítios para descolar e muitas alternativas para aterrar.

Ciclismo e Motociclismo: Sendo o Porto Santo uma ilha pouco montanhosa, o ciclismo é uma forma muito popular de explorá-la. Pedalando aprazivelmente e com calma, descobrirá os recantos mágicos desta ilha.

Ténis: Na ilha do Porto Santo encontra o melhor aldeamento de campos de ténis de toda a região e um dos maiores do país. Situado no sítio de Campo de Baixo, numa zona contígua ao campo de golfe, este aldeamento está dotado de todo o equipamento necessário para a realização de torneios de alta competição. É composto por um estádio principal, que dispõe de bancadas para 1000 pessoas, cinco campos secundários e dois campos de padel.

Passeios a pé: Passear entre paisagens maravilhosas, desfrutando a sua beleza agreste é, sem dúvida, uma boa maneira de descobrir os encantos da natureza, relaxar e recuperar as energias perdidas ao longo do ano. No Porto Santo poderá gozar da simplicidade e do silêncio das caminhadas.


info
35 €
Rhea Dive Center
Ilha de Porto Santo

info
35 €
Porto Santo Sub
Ilha de Porto Santo