My Best Hotel
Hoteis Turismo Rural Alojamento Local Hostels Campismo Atividades Restaurantes A Visitar Promoções

Ofertas Especiais

Locais a visitar » FIGUEIRÓ DOS VINHOS, arte viva!

FIGUEIRÓ DOS VINHOS, arte viva!

O que não falta em Figueiró dos Vinhos são locais para visitar. Das praias fluviais às Aldeias do Xisto, venha desfrutar do que o centro tem para oferecer. Figueiró dos Vinhos é uma vila portuguesa no Distrito de Leiria, região Centro e sub-região do Pinhal Interior Norte, com extensas paisagens.

Do verde da Serra ao azul da Ribeira de Alge e do Rio Zêzere é possível contemplar os impressionantes monumentos com que a Natureza e a História contemplaram o espaço figueiroense e desfrutar do ar puro e de uma luz única.

Quanto ao património cultural, destacam-se momumentos como a Igreja de S. João Baptista, a Torre da Cadeia, o Convento de Nossa Senhora do Carmo, o Casulo, Casa de Malhoa, a Cruz de Ferro, as Aldeias de Xisto, a Fábrica do Pão-de-Ló e a Foz de Alge.

Aproveite ainda para visitar as praias fluviais de Fragas de S. Simão e de Aldeia Ana de Aviz, que proporcionam descanso e tranquilidade garantidos. Para animar, visite as festas anuais tradicionais, como as Festas do Concelho em honra de S. João Baptista.

Seja com a sua cara-metade, seja com a família, em Figueiró dos Vinhos poderá visitar as praias Fluviais de Ana de Aviz e das Fragas de S. Simão, a Aldeia do Xisto de Casal de S. Simão e, no coração da Vila, o Museu/Centro de Artes, a Igreja Matriz e os magníficos jardins que existem em seu redor.

Além destes locais, aconselhamos vivamente que prove a gastronomia local, muito à base de peixe do rio, e a indulgente doçaria conventual, nomeadamente o pão de ló, as castanhas doces, os pingos de tocha, entre muitos outros. Assim sendo, partilhamos consigo uma sugestão de roteiro pela Vila e redondezas para que possa desfrutar de um belíssimo passeio em Figueiró dos Vinhos. Visite Portugal, há inúmeros tesouros escondidos que merecem ser descobertos e valorizados!

 

A VOLTA DOS ARTISTAS

Percurso que revisita a vida em Figueiró dos Vinhos de dois pintores do Grupo do Leão, José Malhoa (1855-1933) e Manuel Henrique Pinto (1853-1912), aqui trazidos a convite do mestre e amigo José Simões d’Almeida Júnior (1844-1926), em Figueiró nascido, tal como o seu sobrinho José Simões d’Almeida (Sobrinho) (1880-1950). São estes quatro, os dois pintores e os dois escultores, que colocaram a vila e a região no mapa da Arte em Portugal na viragem de oitocentos para novecentos, o mote para a volta que agora lhe propomos. De mapa na mão, pode o visitante percorrer alguns dos lugares, memórias e paisagens que foram as deles.

O "CASULO" DE MALHOA

Situado na Avenida José Malhoa, junto ao Museu e Centro de Artes, o «Casulo» foi a residência que o Grande Mestre mandou construir após a sua fixação em Figueiró dos Vinhos. Esta residência possui uma planta composta por dois corpos rectangulares, em T, sendo no corpo orientado a Norte o atelier primitivo do pintor, construído em 1895. O outro corpo corresponde à ampliação projectada por L. E. Reynaud, em 1898, cuja função era residencial. Um torreão proporciona a junção dos dois braços da casa, que tem as paredes rebocadas e pintadas a cor de tijolo. Os cunhais e as molduras das janelas são recortados em pedra rústica e as vergas e as cornijas apresentam frisos de azulejos da lavra de Rafael Bordalo Pinheiro.

Neste típico challet romântico, destaca-se no seu interior, a pequena sala aberta para o alpendre, revestida a couro lavrado, a par do tecto coberto a madeira. No jardim existe um caramanchão e um lago, ao gosto da época. Em 1982 o Edifício foi considerado Imóvel de Valor Cultural e Interesse Concelhio mercê do seu valor memorial, associado que está à estadia no concelho de José Malhoa que ali produziu grande parte da sua obra, tendo aí falecido em 23 de Outubro de 1933. Atualmente aqui funciona o Posto de Turismo de Figueiró dos Vinhos.

IGREJA MATRIZ DE FIGUEIRÓ DOS VINHOS

Situada no centro da Vila, a Igreja Matriz, fundada no final do século XV é, desde 1922. considerada Monumento Nacional. Além das suas especificidades arquitetónicas,a igreja tem um valioso património artístico e acervo de arte sacra que, decididamente, merece ser admirado.

CONVENTO DE NOSSA SENHORA DO CARMO

Em 1598 foi fundado em Figueiró dos Vinhos o Convento de Nossa Senhora do Carmo dos Carmelitas Descalços, por ação de Pero de Alcáçova de Vasconcelos, senhor de Figueiró e Pedrógão, neto de D. Pedro de Alcáçova Carneiro, secretário do rei Filipe I de Portugal e por sua esposa D. Maria de Meneses.

Este convento é o segundo da Ordem dos Carmelitas Descalços a iniciar a sua construção em Portugal, pós Reforma Teresiana, seguindo a Tipologia Carmelitana pela qual a Ordem é conhecida em todo o mundo. Foi Colégio de Artes, tendo-se destacado como um dos mais marcantes centro de estudos de Filosofia da Ordem dos Carmelitas Descalços em Portugal. No ano de 1642, celebrou-se neste convento o Capítulo Provincial da Ordem. Nele se autorizou oferecer o padroado da Província de Portugal da Ordem dos Carmelitas Descalços à Rainha D. Luísa.

A igreja deste convento possui quatro pedras sepulcrais com as inscrições dos senhores de Figueiró e Pedrógão e dos Condes de Figueiró que foram padroeiros deste cenóbio. Possuiu um notável retábulo no seu altar-mor, também caraterístico de muitos outros conventos dos Carmelitas Descalços, em Espanha e em Portugal.

Após 1834, ano em que foram extintas oficialmente as Ordens Religiosas no País, foi Casa da Misericórdia e Hospital. Conheceu obras de restauro em 2000, mantendo-se a função cultural tendo sido possível salvaguardar o importante espólio que encerra.

Desde 2007, realiza-se no Convento do Carmo a Feira de Doçaria Conventual, em finais de Outubro, um certame que traz a Figueiró dos Vinhos doceiros de diversas regiões do País e que conta com um programa de animação paralelo, que engloba concertos de Música Sacra, Animação de Rua, entre outros, proporcionando assim um contacto directo com este património histórico de Figueiró dos Vinhos.

 

----
Fontes e Informaçõeswww.cm-figueirodosvinhos.pt
Facebookwww.facebook.com/MunicipiodeFigueirodosVinhos

UMA ALDEIA MAIS QUE PERFEITA

Descubra um casal com uma só rua. Com uma fonte que continuamente entoa a canção da água, uma capela que nos conta a lenda de um santo. E uma vereda que nos leva à praia, mesmo ali encaixada nas Fragas de São Simão. Aqui também há uma loja e restaurante das Aldeias do Xisto e uma associação cujo nome se confunde com o que nos promete esta aldeia: que estamos a entrar em Refúgios de Pedra.

A entrada da aldeia de Casal S. Simão, no concelho de Figueiró dos Vinhos, é extremamente fácil conduzindo às 23 habitações, que preservam a arquitectura original da Aldeia e os materiais da região, de um lado e do outro.

No cume da aldeia está implantado o Restaurante e Loja de Aldeia. Se a isto juntarmos um pequeno percurso pedestre que, em 15 minutos, nos leva à Praia Fluvial Fragas de S. Simão e uma ribeira, a de Alge, que passa a caminho do Zêzere, uma Ermida com muitos séculos de História e de histórias, o verde das serras circundantes que nos conduzem à Serra da Lousã, o ar puro e a paisagem deslumbrante das Fragas de S. Simão, aqui e além rasgada por uma ave de rapina..., temos o Casal de S. Simão, um pequeno aglomerado de habitações que repousam tranquilamente no silêncio da serra e que tem ganho uma nova vida nos últimos anos.

O esforço dos particulares e da Câmara Municipal de Figueiró dos Vinhos em preservar este local tem sido notório, tendo sido recompensado através da integração do Casal de S. Simão no Programa da Rede das Aldeias do Xisto. Surge assim, no horizonte, a possibilidade de potenciar o turismo na região, desenvolvendo unidades de turismo de aldeia num local que se apresenta renovado, constituindo um excelente exemplo de reabilitação de um património que é de todos nós.

Actualmente esta aldeia faz parte de uma rede de 26 aldeias, espalhadas pelo território do Pinhal Interior, onde o visitante poderá encontrar locais de extraordinária beleza natural, um rico património cultural e muitas ofertas de lazer.

 

----
Fontes e Informaçõeswww.cm-figueirodosvinhos.pt
Facebookwww.facebook.com/MunicipiodeFigueirodosVinhos

PRAIA FLUVIAL FRAGAS SÃO SIMÃO

Um local de beleza ímpar, com águas límpidas rodeadas de imensas fragas, que lhe dão o nome e que possibilitam a realização de desportos radicais, para além do simples lazer.

Acesso: Partindo de Figueiró dos Vinhos, deverá seguir na direcção de Aldeia Ana de Aviz; a cerca de 3 km vire à esquerda, via EN 237, e siga no sentido das placas que indicam Fragas de S. Simão (cerca de 5 km) até encontrar um pequeno parque calcetado e com uma cerca de madeira.

Instalações de apoio: bar, parque de merendas e instalações sanitárias.

Neste lugar de beleza ímpar poderá relaxar, passar momentos de qualidade em família, respirar ar puro e passar um fim-de-semana sem stress. A água da ribeira de Alge, que passa a caminho do Zêzere, é tão límpida e cristalina que dá para as pedrinhas roladas coloridas do fundo da ribeira. A abundância de loureiros e sobreiros proporciona uma fragância única e o verde das serras circundantes, que conduzem à Serra da Lousã, reforçam a beleza natural da região.

No local, também existe um miradouro para que se possa usufruir em plenitude das paisagens circundantes. A praia propriamente dita fica entre duas imponentes fragas, onde é praticado alguns desportos radicais, nomeadamente escalada, rappel e slide.


PRAIA FLUVIAL ANA DE AVIZ

Com uma represa que sustém a água da ribeira e forma um local de ambiente aprazível para tomar banho e desfrutar do sol, é reconhecida a nível nacional pelas suas condições excepcionais.

Acesso: Saindo da vila de Figueiró e seguindo na direcção de Aldeia Ana de Aviz, encontrará a praia logo à entrada desta localidade.
Instalações de apoio: bar, parque de merendas, instalações sanitárias e balneários.
O concelho de Figueiró dos Vinhos tem um significativo património natural e paisagístico, com uma densa mancha florestal e várias ribeiras e espelhos de água, é uma referência para os amantes da natureza.

Com uma represa que sustém a água da ribeira, a Praia Fluvial de Ana de Aviz é conhecida pela sua beleza e pelas condições excepcionais que oferece aos seus visitantes. A praia tem relvado de dimensão considerável para estender toalhas, um bar com esplanada, novos acessos, zona de estacionamento e parque de merendas com churrasqueira.

FOZ DE ALGE

Nascendo no norte do concelho, a Ribeira de Alge desagua no rio Zêzere onde a Albufeira do Castelo de Bode começa a tomar forma. Neste local poderá praticar diversos desportos aquáticos, deliciar-se com as artes da pesca e com os sabores da gastronomia ou desfrutar do simples lazer.

Acesso: Estando no centro da vila deve tomar a ex EN 350 em direcção a Arega, na povoação de Enchecamas deverá virar à esquerda, tomando o Caminho Municipal n.º 1142 (recentemente beneficiado), em direcção à Foz de Alge.

Instalações de apoio: restaurantes, sede do Clube Náutico e Parque de Campismo.


CABEÇO DO PEÃO

A Mata Municipal do Cabeço do Peão, com uma área aproximada de 33,6 hectares é uma área de propriedade municipal de dimensão significativa, atendendo à sua localização adjacente à zona urbana da Vila, assumindo-se como o pulmão de Figueiró dos Vinhos, o que a vocaciona para uma zona de recreio e lazer. O seu ponto mais alto ronda os 500 metros, no local onde se situa a Capela de St.º António. Em toda a sua área abundam espécies florestais, em que domina o eucalipto e o pinheiro bravo, mas onde ainda se podem referenciar carvalhos, azinheiras, loureiros, medronheiros, para além de espécies arbustivas como a urze branca, a giesta amarela e a carqueja que emprestam à paisagem belas tonalidades. A zona dispõe de parque de merendas, circuito de manutenção, parque infantil, campos de ténis e de uma rede de caminhos vocacionada para a prática de caminhadas.

 

PERCURSOS PEDESTRES: CAMINHO DO XISTO DO CASAL DE SÃO SIMÃO

O caminho desenvolve-se na envolvente da aldeia, passa pelas Fragas de São Simão e respetiva praia fluvial, pelas povoações de Além da Ribeira, Ponte do Brás Curado e Saonda. Ao longo das Ribeiras de Alge e do Fato, ricas em vegetação ripícola, podem observar-se as antigas levadas que transportavam a água para as azenhas.
O percurso possui uma variante (PR 1.1) que permite encurtar a sua distância, para um total de 2,7 km, atalhando por Além da Ribeira, onde as azenhas ainda moem os cereais.

Distância: 5,1 km
Duração Média: 2h30m
Dificuldade: Fácil


PESCA DESPORTIVA

Situada no Poeiro, perto da Foz de Alge, a Pista de Pesca Desportiva é um lugar ímpar. Inaugurado em Junho de 2009, permite aos amantes da Pesca Desportiva não só o prazer da sua arte mas também o desfrutar da natureza num local de fácil acesso e com todas as condições.

Associada ao alívio do stress e à tranquilidade, a pesca em águas interiores, seja lúdica ou desportiva, embarcada ou à margem é uma importante atividade de lazer com relativa importância no Concelho de Figueiró dos Vinhos. Contribui, direta e indiretamente, para o desenvolvimento sustentado, aproveitando os bons recursos biológicos naturais e recursos hídricos existentes. As espécies mais procuradas nestas águas são os barbos, bogas, carpas, achigãs e truta fário.

Esta concessão, localizada na Ribeira de Alge, entre a Ponte de Campelo e a Ponte de S. Simão, numa extensão de 15 kms, é um dos locais privilegiados para a prática da pesca desportiva, especialmente no referente à Pesca à Truta (truta fário). Está dividida em oito lotes para a pesca de salmonídeos e quatro áreas de reprodução.
A pesca nesta concessão carece de licenciamento, que podem ser tiradas em qualquer terminal multibanco.

 

----
Fontes e Informaçõeswww.cm-figueirodosvinhos.pt
Facebookwww.facebook.com/MunicipiodeFigueirodosVinhos

Prove os sabores de Figueiró.
Descubra os sabores marcantes, ricos e variados que refletem a riqueza da região, aliada ao engenho e arte das gentes do antigamente. O melhor mesmo é visitar e provar!

Os pratos típicos de Figueiró dos Vinhos assumem características tradicionais, marcados por ingredientes simples e da época, carregados de sabores fortes e apurados, típicos desta região beirã. Entre os pratos de peixe do rio, os enchidos e pratos de carne, a variedade possibilita a escolha certa para todos os gostos.

A tradição doceira, cujo receituário pode ter nascido nos Conventos de Nossa Senhora da Consolação e Nossa Senhora do Carmo, de onde se destaca o pão-de-ló de Figueiró dos Vinhos e as castanhas doces, foi mantida pela Confeitaria Santa Luzia, cujos segredos têm sido mantidos até aos presentes dias.

 

----
Fontes e Informaçõeswww.cm-figueirodosvinhos.pt
Facebookwww.facebook.com/MunicipiodeFigueirodosVinhos


info
35 €
Quinta da Fonte
Figueiró dos Vinhos

info
48 €
The Adega Room & Casa Pedra
Figueiró dos Vinhos

info
80 €
Casa Amarela
Figueiró dos Vinhos

info
110 €
Brás Curado Center
Figueiró dos Vinhos

info
60 €
Quintinha do Casal Ruivo
Figueiró dos Vinhos