My Best Hotel
Hoteis Turismo Rural Alojamento Local Hostels Campismo Atividades Restaurantes A Visitar Promoções

Ofertas Especiais

Turismo Rural » Bragança
Desde 65 €

Turismo Rural » Bragança » Quinta dos Castanheiros

Desde 65 €

Quinta dos Castanheiros

(+351) 273 989 014
Rua da Fonte, nº 1
5320-023 Negreda, Vinhais

A casa dispõe de 6 quartos duplos, com acesso directo e individualizado para o jardim e piscina. Todos possuem casas-de-banho privativas, mobiliário de época e aquecimento central. Um recanto onde poderá descansar, relaxar e esquecer a palavra stress.
Para os momentos de lazer, a casa disponibiliza aos seus hóspedes um conjunto de equipamentos para uma estadia agradável, num ambiente de conforto.

Conscientes de que os problemas ambientais são uma realidade, os princípios inerentes à Quinta dos Castanheiros assentam na sustentabilidade ambiental. Assim, adoptaram-se soluções energéticas que pretendem contribuir para a sustentabilidade ambiental do planeta, através da utilização de sistemas de aproveitamento de águas da própria casa (a casa tem uma nascente de água dentro), utilização de energia solar através de painéis solares e potenciação da sua localização geográfica tendo em conta o aproveitamento máximo da luz e da energia solar.

Região
Se outras razões não houvesse para agendar um périplo pelo nordeste português, bastaria uma para rumar ao reino que Torga adjectivou de maravilhoso: a sua intrínseca beleza natural.
Imbricada em pela natureza, a Quinta dos Castanheiros deixa-se abraçar pelos profundos vales que intercalam com encostas escarpadas que apetece explorar.

A serra da Coroa, complexo montanhoso que encerra em si características florísticas e faunisticas únicas na região. O Parque Natural de Montesinho, área protegida criada à quase 30 anos, ocupa cerca de 74 mil hectares, situados a norte de Vinhais e Bragança e está integrado na Rede Natura 2000. As duas elevações mais importantes são as Serras de Montesinho (1486 m) e da Coroa (1273 m).
Também para os amantes de "água", a Terra Fria Transmontana esconde verdadeiros sistemas rícolas naturais que vale a pena descobrir. Sem dúvida que, a área envolvente do rio Sabor (único rio selvagem em Portugal) é uma área a visitar, mas também o troço do Rio Maças, rio que percorre os vales encaixados do nordeste transmontano, ou as recônditas zonas da linha de água do rio Fervença (todos eles afluentes do Douro).

Património
A história ancestral desta região é o mote para uma visita cultural. Terra de gentes e tradições, a sua história está inscrita nos elementos que compõe a sua paisagem. Assim, uma visita aos vários pombais, aos lagares de azeite e de vinho, aos moinhos de água espalhados pelas linhas de água, às forjas comunitárias, aos pisões, às diversas fontes e fontanários, às muitas pontes que atravessam os rios e ribeiros, às magnificas igrejas e capelas espalhadas por cada aldeia, cada lugar, é realmente imprescindível para se sentir a cultura transmontana.
Os diversos museus existentes nas terras transmontanas ajudam a compreender o passado e convidam a uma tarde bem passada. O Museu do Abade de Baçal (arqueologia, arte sacra, pintura, escultura, ourivesaria, mobiliário, numismática), o Museu Militar (peças e objectos do foro militar - várias épocas), o Núcleo museológico de Arte Sacra da Ordem Terceira- Igreja de S. Francisco (Escultura), ou o Núcleo museológico de Montesinho - PNM, são exemplos que pode visitar em Bragança. Em Vinhais poderá também ver o Núcleo museológico de Arte Sacra da Ordem Terceira (Pintura, escultura e ourivesaria sécs. XVIII e XIX de excelente qualidade).

Gastronomia
Diz o povo que "Se vier que venha por bem...e de estômago vazio". As magníficas iguarias transmontanas convidam a uns dias de elevada qualidade gastronómica e sobretudo apurado paladar. O sabor e o cheiro das comidas magníficas desta região, acompanharão os dias de descanso e lazer que passar na Quinta dos Castanheiros. Sugerimos que faça um percurso gastronómico tipicamente transmontanos começando pelo fumeiro (enchidos de porco), pelo presunto, pelos queijos de cabra, passando para a Sopa de castanhas, o Butelo com cascas, pelo Javali, pela Posta à Mirandesa, pela Alheira com Grelos, Pelo Arroz de Lebre, pelo Arroz de Cabidela, pelos pratos de caça (perdiz e coelho), pela Caldeirada de Cabrito ou pelo Cabrito ou Cordeiro assado na brasa, e terminando no pudim de castanhas, ou no Folar da Páscoa, ou na Bola Doce Mirandesa. Estas são apenas algumas sugestões "água na boca" que apenas servem para abrir o apetite...o resto irá descobrir...

Tradições
De entre as inúmeras tradições que poderá presenciar no Nordeste Transmontano, como as festas anuais de todas as aldeias da região, aconselhamos a não perder eventos como a Matança do porco (pela altura do Natal), o Magusto (normalmente em Novembro), a festa dos Caretos (no Carnaval), a Fogueira comunitária no Natal (em Dezembro), a apanha da Castanha, a realização do Folar (no período da Páscoa), as vindimas (em Setembro), a Feira do Fumeiro de Vinhais (no Inverno).

Lazer & Actividades
Além das actividades inerentes à própria Quinta dos Castanheiros, como os passeios a cavalo, mergulhos na piscina, passeios de bicicleta, percursos de BTT, observação de avifauna no miradouro, ou observação de estrelas à noite, pode ainda desfrutar de magníficos passeios pedestres pela natureza, praticar desportos de aventura (como escalada, rafting, ou todo o terreno).
Este é também o local indicado para os amantes da caça (nomeadamente as batidas organizadas ao Javali) e da pesca.